domingo, 31 de dezembro de 2006

ESFORCEM-SE POR FAZER DE 2007 UM ANO BOM.

Façam o favor de lutarem e labutarem para que o ano de 2007 seja um bom ano. Para vós e para todos.
Desejo-vos um feliz ANO NOVO.
E despeço-me do ano por aqui com um poema que encontrei neste site da autoria desta menina, Inês Delgado, 13 anos, Lisboa.
Quero escrever versos,
Versos de amor, de ironia,
Quero preencher todos os espaços,
Desta folha vazia.
Quero, ao escrever,
Ser completamente livre,
Lembrar-me do que quis ter,
Mas que nunca tive.
Quero com estas tantas palavras,
Que escrevo sem encontrar fim
Encher além destas folhas brancas,
Os espaços imensos que há em mim.
Lembrar, esquecer
Dormir, acordar,
Desejar morrer,
E depois lamentar.
Senti a presença da solidão,
Ri as lágrimas que não chorei,
Agindo com o coração,
Sempre errei.
Escrevo partes do que sou,
E dedico-tas a ti,
Mas só eu o sei,
Não sairá daqui.
Todas as lágrimas foram enxutas,
Neste pedaço de papel, que agora é um pouco de mim,
As minhas palavras sentidas, doces ou brutas,
Assim como eu chegaram ao fim.

3 comentários:

Aspásia disse...

PASSO P DESEJAR UM OPTIMO AN AÍ PEALS ILHAS AZUIS.
E FICO DELICIADA C ESTA PEQUENA FLORBELA!!! (NÃO FLORIBELA...)

BEIJINHOS :))

PAH, nã sei! disse...

Beijo, doce Aquiles :)))

andorinha disse...

Olá!
Um Feliz Ano também para ti:)
E gostei do poema...